fbpx

Petrobras põe à venda Carmópolis

O maior campo de petróleo terrestre do Brasil.

67

As instalações estão localizadas na Bacia Sergipe-Alagoas.

 

É mais uma venda de ativos da Petrobras.

Que se concentrar cada vez mais na produção de petróleo em águas profundas e ultraprofundas.

 

A Petrobras anunciou nesta sexta-feira (23/10) que vai vender os campos de Carmópolis, Aguilhada, Angelim, Aruari, Atalaia Sul, Brejo Grande, Castanhal, Ilha Pequena, MatoGrosso, Riachuelo e Siririzinho, todas na parte terrestre da Bacia de Sergipe-Alagoas. As áreas têm produção média 10.913 boed,sendo 10,452 bpd de petróleo e 72,9 mil m³/d de gás natural.

 

 

Segundo o comunicado da empresa, estão incluídos na oferta 3 mil poços de petróleo em produção, 17 estações de tratamento de óleo, uma estação de gás em Carmópolis, aproximadamente 350 km de gasodutos e oleodutos.

Além disso, também está entre os ativos o Polo Atalaia, que inclui o Terminal Aquaviário de Aracaju (Tecarmo), uma unidade de processamento de gás natural e uma estação de processamento de óleo. Outros ativos são o oleoduto Bonsucesso-Atalaia, com 48,6 quilômetros de extensão, e que escoa a produção das concessões até o Tecarmo.

Adicionalmente, estão incluídas todas as instalações de produção contidas no ring-fence (conjunto de ativos) das 11 concessões e a titularidade de parte dos terrenos.

A presente divulgação está de acordo com as normas internas da Petrobras. Essa é mais uma venda de ativos da estatal.

 

 

 

 

O teaser, que contém as principais informações sobre a oportunidade, bem como os critérios de elegibilidade para a seleção de potenciais participantes, está disponível no site da Petrobras. As principais etapas subsequentes do projeto serão informadas oportunamente ao mercado.

Neste ano, entre janeiro e setembro, a produção do Polo Carmópolis foi de 10 mil barris de óleo por dia, e de 73 mil metros cúbicos de gás natural. A Petrobras é a operadora dos campos, com 100% de participação.

 

 

 

 

Acompanhe a gente nas nossas redes sociais

Tire suas dúvidas sobre vagas de emprego enviando e-mail para [email protected], que lhe responderemos em nosso podcast

 

Fonte: ANP/SEP.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.