fbpx

Esportista Offshore

Operadora de Produção e Faixa Preta em Jiu Jitsu

639

Sexo frágil? Nossa campeã mundial da “arte suave” pode não gostar dessa definição.
Garra, superação, dedicação e mentalidade vencedora são características marcantes da nossa colega Ariane. Venha conhecer mais um pouco dessa esportista offshore.
Vai encarar?

1 PERFIL

PERFIL

Nome: Ariane Pereira Guarnier

Nome no macacão: Ariane 🙂

Função: Técnica de Operação (FPSO)

2 Experiência

Experiência

Mundo Offshore: Quanto tempo?

Ariane: Entrei na Petrobras em Agosto de 2008, 10 anos de empresa

3 Formação

Formação

Mundo Offshore: Qual a sua formação e o que determinou essas escolhas?

Ariane: Curso Técnico em Eletrotécnica. Eu já fazia o Ensino Médio no CEFET-ES e, por ser uma escola técnica, queria fazer um curso técnico. Por eliminação dos outros cursos e por ter uma prima formada em Eletrotécnica, resolvi fazer esse curso.

Na graduação estudei Engenharia Química até o 6º período, porém não concluí pois tomava muito tempo da minha folga e eu gostava de treinar. No período da minha folga realizo treinos diariamente.

4 Relações no Trabalho

Relações no Trabalho

Mundo Offshore: Ambiente de trabalho, como é? Os colegas sabem de suas glórias no esporte? Fazem brincadeiras com isso?

Ariane: Desde que voltei a competir o Jiu Jitsu, em Maio de 2017, todos os colegas acompanham minha trajetória e me parabenizam pelas minhas lutas. Acho que por eu ser bem extrovertida, isso deixa os colegas bem confortáveis em fazer brincadeiras do tipo “qualquer coisa chama Ariane que ela dá jeito, rsrs… ”

5 Relação com o Esporte

Relação com o Esporte

Mundo Offshore: Quanto tempo de prática no esporte? Como e por que começou?

Ariane: Desde criança sempre fui envolvida com esporte. Já pratiquei Futsal, Handebol, Capoeira, Natação, Corrida de Rua, Rúgbi e Jiu Jitsu. Na minha casa tenho um quadro de medalhas do Jiu Jitsu e outro para os outros esportes.

Comecei a treinar Jiu Jitsu em 2000. São 18 anos nesse esporte, porém fiquei um período parada pois tive uma lesão nos joelhos e sofria com a falta de tempo, por trabalhar o dia inteiro e estudar à noite. Conquistei a faixa preta em 2014.

Certeza que o motivo de eu gostar de esportes é de que me espelhava no meu pai, ele é apaixonado em futebol.

6 Realizações

Realizações

Mundo Offshore: Qual sua maior realização como profissional da área industrial e como atleta?

Ariane:

Profissional: Estar em serviço no dia do início da Produção da P58 (1º óleo) e poder levar comigo todo know how de um comissionamento de uma plataforma de produção de petróleo e da partida da planta de processo desde o início da produção. Tenho muito orgulho de fazer parte dessa unidade, atualmente a maior produtora própria da Petrobras, em torno de 150 mil barris de petróleo por dia.

Atleta: Estou muuuuuito feliz com minhas conquistas no jiu jitsu. Trabalhei 6 meses (11/2017 ~ 04/2018) nos Emirados Arabes Unidos como Coach de Jiu Jitsu. Em agosto desse ano me mantive no pódio das melhores do mundo na minha categoria, sou Vice Campeã no World Master Jiu-Jitsu IBJJF Championship 2018 em Las Vegas, porém, certamente ser Campeã Mundial no World Master Jiu-Jitsu IBJJF Championship 2017 em Las Vegas, por enquanto, foi a minha maior realização como atleta. Foi o ano que me preparei e me programei muito para essa conquista. Conciliei até férias para ter mais ritmo de treino e poder focar na luta.

7 Desafios

Desafios

Mundo Offshore: Quais as dificuldades para treinar por trabalhar em escala?

Ariane: Desde que comecei a trabalhar embarcada, não me motivava muito a voltar às competições. Por conta da escala offshore, não conseguia treinar diariamente como as demais atletas. Até hoje tenho essa dificuldade, porém hoje eu encaro a realidade, assumo a responsabilidade pela minha escolha de trabalhar embarcada e tento amenizar essa realidade mantendo minha preparação física e de luta mental no meu período no mar. Confesso ser desafiador.

Mundo Offshore: Qual é o maior adversário na sua vida esportiva e profissional da área offshore?

Ariane: Tempo é precioso! E meu maior adversário na vida esportiva é ter que dividir o tempo com o meu trabalho. Na área offshore, também acho que 14 dias longe de tudo e todos é desafiador, acho muito tempo.

8 Futuro

Futuro

Mundo Offshore: Quais seus objetivos para o futuro, profissional e esportivamente?

Ariane: Sempre estou buscando evoluir em ambas as áreas, faço o meu melhor sempre.

No jiu jitsu, estou planejando implementar um projeto mais voltado para crianças. Acredito muito que eu possa ajudar na formação do ser humano, pois acredito que tudo que eu ensinar nos tatames meus alunos levarão para a vida (cair, levantar, perder, ganhar, ter fé, foco, disciplina, respeitar as diferenças, persistir, trabalhar em grupo, ajudar ao próximo, sonhar e ser feliz). Hoje vejo muitas pessoas não sabendo lidar com emoções. Ter gestão sobre suas emoções te permitirá, primeiro, VIVER (infelizmente hoje o índice de suicídio é muito alto devido essa falta de gestão da emoção) e VIVER de uma forma plenamente feliz, foi para isso que Deus te criou, para viver FELIZ. Essa é a minha história de vida. Tenho autoridade para falar.

A minha logo fala muito do que eu acredito e quero. Minha frase é “Evoluindo além dos Tatames”. Para mim, muito mais importante do que formar um campeão no tatame será formar um campeão para a VIDA e assim acredito que estarei na minha missão no mundo e deixando o meu melhor.

Hoje enxergo a vida de uma forma diferente. Penso que você não é o que você tem ou o que você “é”, você nesse mundo é o que você deixa. Por isso quero deixar o meu melhor em tudo que eu fizer e com todas as pessoas que eu tiver oportunidade de conviver.

Na área profissional, almejo um local com uma escala mais curta para executar meu projeto. Tempo de Deus. Tenho certeza que vai dar certo.

Mundo Offshore: Se pudesse, viveria só do esporte?

Ariane: Gosto muito do meu trabalho, mas acredito que se eu tivesse um retorno financeiro melhor no esporte, poderia me dedicar mais. Acredito que o tempo irá responder quanto a isso.

9 Mulheres

Mulheres

Mundo Offshore: Sua visão sobre o esporte e sua profissão, no que diz respeito ao crescimento cada vez maior de mulheres nas duas atividades.

Ariane: É fato, em ambas as atividades as mulheres têm tido um crescimento muito grande e isso é bem motivador, pois sou Mulher e estou vivendo e aproveitando todo esse crescimento.

10 Inspiração

Inspiração

Mundo Offshore: Deixe uma mensagem para quem quer conciliar a vida offshore e uma carreira esportiva!

Ariane: É desafiador… Mas a minha mensagem vai além de conciliar a carreira esportiva à vida offshore… a mensagem é para a vida.

A base de tudo está em acreditar que Deus te fez para ser plenamente feliz. Tenha amor próprio e busque um autoconhecimento de quem você é, pois só assim você conseguirá viver verdadeiramente e não se tornar o que as outras pessoas querem que seja.

Se encha de energias boas DIARIAMENTE através de oração, meditação ou da forma que preferir. A bordo da P58 eu faço isso olhando para o MAR, rs…bA energia que você tem é única, não a desperdice focando nos problemas. Nunca foque sua energia em problemas e sim na sua resolução, pois isso fará MUITA diferença.

Procure hábitos saudáveis, tenha uma alimentação saudável e faça atividade física mesmo que para isso você tenha que sair da sua zona de conforto. Mudar é difícil, mas não mudar é mortal. O errado é errado mesmo que todo mundo esteja fazendo. E o certo é certo mesmo que ninguém esteja fazendo.

Você é o ÚNICO responsável pela vida que tem levado e isso é muito bom, pois isso te dá a liberdade de mudar o que quiser e quando quiser. Tenha auto responsabilidade sobre sua vida. Você é responsávelbpelas suas atitudes e suas escolhas te definirão…. Tenha fé e sonhe alto e não se conforme com uma vida medíocre que você não quer viver, afinal você só tem uma vida.

Eu busco minha melhor versão diariamente, dentro e fora dos tatames. E nunca se esqueça… aproveite o trajeto pois VOCÊ SÓ TEM O HOJE PARA SER FELIZ (frase escrita no espelho da minha casa para ajudar a não esquecer) 🙂

 

11 Homenagem

Homenagem

Mundo Offshore: Nossa campeá teve uma perda irreparável esse ano, mas segue com muita luta e ainda mais amor pela família e pelo esporte. Estamos junto sempre que precisar, pois você é habitante do Mundo Offshore. Oss!

Link para acompanhar Ariane no instagran, click na foto:

Ariane Pereira Guarnier

Filha de Deus 🙏, Atleta de Jiu Jitsu – Black belt 🇧🇷
CAMPEÃ DO WORLD MASTER JIU JITSU IBJJF 2017
@treinamentoadapt

1 comentário
  1. Diogo Diz

    Ariane é um ser humano incomparável, parabéns a Deus por ter colocado você no mundo… Oss

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.