fbpx

Destruição em Porto

Essa não foi a primeira vez!

37

hoje (03/06/21) às 11:00 horas hora local Taiwan, um dos navios novos da Orient Overseas Container Line (OOCL), o M/V OOCL DURBAN (8540 TEUS), ao tentar atracar no berço 66, o navio errou manobra atingindo dois portainers no berço 70, um colapsou ferindo um operador e deixado outros dois operários presos entre as ferragens.

Não é a primeira vez que acontece esse tipo de acidente.

Durantes os últimos anos com o aumento de trabalho nos portos e acumulo de funções por conta da pandemia, alguns desses desastres poderiam ser evitados, mas cabe o aprendizado.

 

 

Não houve perda de vidas, mas até quando continuaremos com essa sorte?

Capacidade de armazenamento e condições meteorológicas precisam ser levadas em conta.

 

 

Treinamento e controle de atividades extremamente perigosas podem evitar perdas materiais e ainda mais importantes, perda de vidas.

 

 

O que fazer em situações que não estão previstas em treinamentos ou procedimentos de controle de danos. Pois tão importante quanto evitar é a mitigação dos efeitos após acidentes e desastres, especialmente usando como aprendizado estudar acidentes ocorridos como exemplo.

 

 

Podemos lembrar do Ever Given e do Stella Banner como exemplos:

 

E também do recente desastre do X-Press Pearl, mais um Caso de Avaria Grossa.

 

 

Pode ser o maior desastre ambiental da historia do Sri Lanka

 

 

Vamos construir um futuro e não esperar pela sorte, pois talvez tenhamos gasto todo estoque de sorte nesse começo de década.

 

Mande mensagens sobre suas duvidas da área energética para nosso e-mail [email protected] e iremos responder no nosso podcast que é gravado no nosso canal do Youtube toda semana.

Acompanhe nossas redes sociais.

Facebook

Twitter

Seja habitante do MUNDO OFFSHORE

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.