fbpx

Casal Viajando

As Aventuras Do Casal Viajando

136

Vamos contar as aventuras de um casal incrível e super animado quando o assunto é viajar.

1 Sonho

Sonho

Após algumas viagens acertando e errando bastante resolvemos compartilhar os erros, acertos, facilidades e dificuldades que encontramos no nossos roteiros passados, atuais e futuros.

Buscamos sempre conciliar custos e benefícios, sem frescura, mas com conforto. Para casais que tenham esse perfil e pretendem viajar, talvez algumas experiencias daqui possam ser válidas.

2 Planejamento

Planejamento

Antes de viajar, um bom planejamento pode evitar alguns transtornos, evitar todos é praticamente impossível…rs

Primeiro de tudo devemos definir o roteiro da viagem, no meu caso como o roteiro é de uma lua de mel, dificilmente convenceria a minha esposa a viajar com uma mochila, todos e todas sabem como é.

Sabendo disso definimos o roteiro de nossa viagem praticamente inteiro de trem, pois seria muito mais comodo e barato viajar com as malas, além de bem mais barato por não haver cobrança adicional, como ocorre nas Lowcost aéreas.

Todas as passagens de trem foram compradas pelo site da trenitalia com cerca de um mês de antecedência, os valores estão mais que o dobro em cima da hora, vale a pena antecipar. As hospedagens foram todas compradas no booking.

Nessa viagem tive alguns erros e acertos que vale a pena compartilhar.

Acertos

Ter mais de um cartão de crédito disponível e fazer um câmbio antes da viagem, o melhor que encontrei depois de pesquisar é na caixa econômica.

Se tiver a possibilidade de ter um cartão Black ou Platinum, há alguns benefícios para fazer valer a anuidade que você paga, normalmente o seguro do cartão dispensa a aquisição do seguro da Carta Schengen para Europa. Outra economia é pedir que tirem o seguro ao alugar carros, pois o cartão já cobre.

Tomadas, leve adaptador, para os pinos chatos não vai achar tomada na Itália, trouxe um adaptador universal, mas nem precisei, o pequeno tradicional do Brasil já serviu (ver foto)

Mala, uma mala de rodinha e uma mochila foi uma boa combinação, quando precisar andar com a mala basta prender a mochila em cima e mandar ver.

Erros

MUITO IMPORTANTE, internet no telefone. Até o final do segundo dia passei alguns perregues por falta de um chip da Vodafone e a internet não ativou, voltei na loja e era uma configuração no próprio telefone, papei mosca, fique esperto para não repetir o erro.

Calçado, eu pessoalmente errei nessa. Comprei uma bota para usar na viagem e meus pés estão sofrendo, de uma forma ou de outra acabamos andando muito. Use um calcado macio e confortável, não uma bota sem lacear…rs

Não ache que o italiano é parecido com o português, se já foi na Argentina ou Chile e se virou com o portunhol aqui é bem mais complicado, nada impossível, mas exige mais paciência sua e deles (o que não é o forte deles). Boa parte dos atendentes falam inglês, o que já ajudou.

3 Vale a Pena

Vale a Pena

A catedral Duomo

A Catedral Duomo é uma das edificações mais bonitas da cidade e logo ao lado, ao lado mesmo, fica a também famosa galeria Vittori Emanuele, Vale a pena dar uma passada, afinal está ali do lado…rs

Na praça da catedral fomos abordados por alguns vendedores estrangeiros, bem ao estilo tatuadores de porto seguro e “ajudantes” do pelourinho, pendurando pulseiras e oferecendo foto com pombos, não dê trela, quem conhece as referências que dei, sabem do abuso…rs

Erro

Pegamos taxi sem necessidade, por insegurança mesmo. Andar no metrô é super pratico, além de fortalecer a experiência e “sentir” melhor a cidade.

Acerto

Água e lanchinhos de consumo rápido, em todas as cidades na Itália até agora têm aquelas maquininhas de moedas “vending Machines”, O preço é quase sempre menor nelas, pode usar moeda local e cartão de credito na maioria.

4 Navigli

Navigli

O bairro de Navigli é uma das opções para a noite de Milão, foi a que ecolhemos. Vale a pena dar uma caminhada para conhecer e escolher um lugar para sentar. São vários bares e restaurantes enfileirados à beira de canais.

Acerto

Super deu para conciliar o Duomo com Navigli. Saímos do Duomo direto para lá, fomos para Navigli e de lá para o hotel de metrô, supertranquilo. (ESTAÇÃO P. TA GENOVA)

Erro

Não subestime as moedinhas. Tenha sempre umas moedinhas de 1 ou 0,5 euro no bolso, como estava bebendo passei um aperto no metrô na hora de ir embora por não ter as moedinhas…rsrs (até agora em quase todas as estações de trem e metrô, os banheiros são pagos, 1 ou 1,5 euros)

5 Verona

Verona

Verona – Castelvecchio

Para Verona reservamos também um dia. Ficamos hospedado lá, mas uma opção muito usada é se hospedar logo em Veneza e ir à casa de Julieta, mas o roteiro se mostrou muito bacana com opções próximas umas das outras.

Tomamos a ponte Di Castelvecchio como ponto de partida. Muito legal, todo em tijolos e pedras, existindo um museu em seu interior. De lá seguimos para o coliseu de Verona.

Erros, Acertos e Dicas

Ficamos hospedados em Verona, mas em outra oportunidade não ficaria lá. Há menos opções de hospedagem do que em Veneza Mestre, onde há opções melhores por valores até menores. Tirando a vantagem de ter menos uma troca de hotel, menos um check in e out, menos uma carregada de mala, etc. Ficaria em Veneza Metre e faria um bate e volta.

6 Arena Di Verona

Arena Di Verona

Arena Di Verona

Bem perto do Castelvecchio fica a Arena Di Verona que fica ao lado de uma praça, uns bares e restaurantes, ambiente muito legal.

Entramos no coliseu para conhecer. Bonito e bem conservado, coincidindo para nossa sorte com o cair do sol, deixando assim uma vista previligiada.

Arena Di Verona também é utilizada para eventos privados. Estava acontecendo um evento de degustação de vinhos, por isso existe uma tenda branca no meio (foto).

Erros, Acertos e Dicas

Entramos no coliseu de Verona. A entrada é paga (10 euros), mas se for em Roma e quiser economizar, deixe para entrar no de lá, vai da escolha de cada um. Ainda não conheci o de Roma, mas o de Verona por ser usado para eventos, tem algumas arquibancadas de ferro e alguns isolamentos que não o deixam muito “natural”. Não dá para dizer que me arrependi, mas não foi grande coisa, o que salvou foi o pôr do sol..rs

7 Casa de Julieta

Casa de Julieta

Fechando com Verona fomos à casa de Julieta. Ao olhar para a sacada da janela de Julieta vem à lembrança dos tradicionais cortejos e de tramas românticos feitos à janela. É tradição deixar um bilhetinho para Julieta colocado na parede no corredor de entrada, “algumas” pessoas  já deixaram (ver Foto).

Erros, Acertos e Dicas

Não passamos a mão no peito de Julieta… kkk

Vimos todo mundo fazendo e achamos que era doideira. Tipo papagaio, um imitando outro. Achei estranho, pois o peito direito estava até polido, pois bem. Depois disso pesquisei e descobri que é tradição. “SORTE NO AMOR”. Se a Julieta for a mesma da historia com Romeo, ainda bem que não fizemos…kkkk

Não lembro muito bem o horário que fomos, mas o sol estava baixo, quase se pondo e com certeza era mais de 18:00h. (me assustei com sol, pois só se põe após as 20:00h nessa estação do ano) E a casa de Julieta estava fechada, não podemos entrar.

Estava acontecendo um evento de degustação de vinhos, comprava o ingresso e ganhava os ingressos para degustar os vinhos espalhados em stands pelo local, que tinham DJs e shows, demos sorte, foi muito legal.

8 Veneza

Veneza

Em Veneza ficamos duas noites. Veneza foi um dos lugares mais marcantes da viagem até agora. Muito legal, super-recomendamos.

Erros, Acertos e Dicas

Ficar em Veneza Mestre que é a parte fora da ilha de Veneza valeu muito a pena, além do transporte de trem ser pratico, barato e frequente, o custo beneficio da hospedagem da de 10 a 0, além de não ser nada pratico carregar as bagagens até o hotel dentro da ilha nas ruelas lotadas, se perdendo passando por degraus. Obs. Ônibus também é fácil, mas estávamos próximos à estação de trem o que facilitou.

andar, andar e andar. Andamos somente no primeiro dia mais de dez quilômetros sem nenhum exagero. Mais uma vez lembrar-se do calçado confortável. Andamos muito nos dois dias, mas podemos dizer que conhecemos a maior parte da ilha e não nos arrependemos, você irá encontrar vários cantinhos muito legais.

No ponto de informações turísticas tem mapas impressos, as ruas têm os nomes muito bem identificados que facilita o uso dos mapas, mas preferimos ir andando e nos perdendo no caminho… rs

Administrar a bateria do telefone é uma boa dica, o GPS é um ótimo parceiro lá dentro, no final do dia quando estiver esgotado não vai querer saber mais de errar o caminho, vai querer o mais curto e acredite o Google Maps tem tudo em Veneza mapeado e acertou todos os caminhos naquele labirinto.

Banheiro, atentar para isso. Há banheiros em Veneza mas não são muitos, as vezes estão distantes e ficam difíceis de achar, tem varias setinhas indicando o caminho, mais são tipo migalhas de joão e maria. Evite situações de ficar apertado procurando banheiro. Alguns restaurantes possuem toaletes, então quando parar para comer aproveite a facilidade.

9 Gondola

Gondola

Passeio de Gondola, possui o preço tabelado, 80 euros até 18:00h e 100 euros depois. Reparei que no final do dia os gondoleiros oferecem o serviço e costumam barganhar. No primeiro dia um ofereceu o passeio por 60 euros, iria largar o turno e seriamos o ultimo casal. Acabamos fechando no segundo dia por 70 euros. Fica a dica, o horário das 17:30 tem essas vantagens, além do sol estar mais baixo com uma cor amarelada, muito bonito.

10 Florença

Florença

Conhecida como Firenze pelos italianos, juntamente com Siena, são as duas protagonistas da região toscana.

Firenze foi escolhida como nosso ponto de partida Toscana, chegamos , passamos o dia e dormimos apenas uma noite. Na tarde do dia seguinte alugamos um carro e partimos.

Erros, Acertos e Dicas

Em Firenze boa parte das atrações turísticas é próximas umas das outras, quando sai de uma quase cai na outra. Ficamos um dia e fomos às atrações que queríamos. – O Duomo de Firenze é lindo, o mais bonito. A um bilhete pago para subir na torre (custa 15 euros e vale 48h e serve para 5 atrações na praça) a subida tem mais de 500 degraus, se preparem…rs Valeu a pena, além da vista lá de cima,  na subida passamos perto dos afrescos do teto na catedral, muito legal.

Boa parte das calçadas de Firenze é de pedras, um pouco irregulares, ruim para bagagem de rodinhas, se o hotel for longe cogitar um taxi. É salgado, na volta pegamos um taxi da Avis (devolvendo o carro) e pagamos 13 euros pra andar basicamente 2 quadras. 5 de bandeira mais 6 pelas malas.

Para alugar o carro não foi possível dispensar o seguro da locadora para usar o seguro do cartão, no Brasil e nos EUA isso funciona para baixar o custo do aluguel. Fomos a mais de duas locadoras e disseram não ser possível, acabamos pagando mais caro por ter deixado pra fazer na hora. Reserve antes pela internet, eu havia visto bem mais barato que pagamos. Alugamos um carrinho pequeno 1.0, um Smart, a toscana é uma região serrana, mas o carro atendeu na boa.

Em todo lugar que pesquisar ou nas ruas verá a Bisteca a Fiorentina, comemos no restaurante, gostamos, mas não passa de um T-Bone steak mal passado. Valeu pela experiência, inclusive fiz um eu mesmo na churrasqueira depois… rsrsr

11 San Gimignano

San Gimignano

Junto com Veneza foi um ponto alto da viajem para nós, cada uma com suas respectivas características.

Nas cidades menores da Toscana em geral percebemos um ar mais calmo e agradável, até o atendimento e comportamento dos italianos pareceu mais amenos, mais educados e corteses.

Tanto olhada por fora quanto por dentro a cidade é linda, muitas torres originais do castelo foram preservadas o que torna a cidade única.

Erros, Acertos e Dicas

Como estávamos de carro ficamos hospedados em uma pousada com chalés que ficava a 1 km do castelo, ótima opção, muito legal, adoramos, tinha uma varanda com vista para um vale com o castelo da cidade ao fundo.

Estacionamento: há uns quatro estacionamentos na entrada da cidade e os preços são diferentes, dê uma pesquisada antes, o preço por hora fica entre 1,5 e 2 euros, porém se for ficar muito tempo alguns tem preço máximo de seis euros e outros de 20 euros.

Na cidade é produzido o famoso vinho tinto Chianti, não deixar de provar o vinho branco de lá que é até mais tradicional que o tinto na cidade, o Vernaccia de San Gimignano, quando ver um selinho DOCG no vinho, é um certificado de cumprimento de regras bem exigentes para a produção, não é sinônimo de qualidade, mas dificilmente irá errar.

Tem uma torre com uma vista linda da cidade e da toscana, Torre Salvucci Maggiore, tem uma mesinha lá em cima com cadeiras, se tivesse subido com um vinho na mochila tinha sido melhor ainda #ficaadica. Cinco euros pra subir.

12 Pisa

Pisa


Já haviam nos falado que Pisa é bem pequeno, que basicamente o objetivo seria a foto com a torre e nossa visita foi mais ou menos por aí msm, mas a foto deu trabalho… rsrsrs

Erros, Acertos e Dicas

Lá realmente é pequeno. A parte onde fica a torre é cercada por um muro, padrão em todas as cidades da Toscana que fomos. A torre é menor do que imaginávamos, tentamos, mas não conseguimos ver ela por fora do muro pra ajudar a localizar, mas é bonita, toda em mármore.
Poucas vagas para estacionar, tome cuidado com áreas proibidas, Tivemos sorte e achamos uma vaga perto bem rápida. Guardinhas e todas as cidades aplicando multas, sempre procurem se tem parquímetro para pagar e evitar multas.
Almoçamos na cidade bem perto da torre, preço em conta comparado com outros lugares, foi um acerto.

13 Lucca

Lucca

Dentro dos muros, a cidadezinha é bucólica e pitoresca, como todas cidades pequenas da toscana que conhecemos. Varias ruelas charmosas pela cidade.

Na nossa opinião não precisa reservar mais do que meio período do dia, as cidades vão ficando parecidas a medida que se vai visitando, claro que cada uma tem seu diferencial mas o sentimento de ficar maravilhado vai diminuindo.

Erros, Acertos e Dicas

Estacionamos o carro na parte de dentro dos muros, tem parquímetro, não marque bobeira, muitos guardinhas de bicicleta, vimos varias multas sendo aplicadas.

Lucca tem uma torre com um jardim suspenso, carvalhos plantados no topo da torre, é possível subir, o ingresso é pago.

14 Volterra

Volterra


Infelizmente tivemos pouco tempo para aproveitar até escurecer, chegamos à cidade depois das 17h.

Volterra tem mais de 3000 anos, preserva muito da atmosfera de um castelo, junto a San Gimignano, são as duas que mais deram essa sensação.

Erros, Acertos e Dicas

Tem as ruinas de um antigo teatro romano na cidade, a entrada é paga e fica aberto até às 17h, perdemos o horário, mas conseguimos ter um gostinho olhando por fora (foto).
A cidade fica beeeeem no alto muitas curvinhas fechadas na subida, várias vistas lindas no caminho, infelizmente não tem acostamento, mas lá da cidade também tem alguns pontos legais. Pôr do sol avermelhado lindo, com foto não dá pra mostrar nem perto do que realmente é.
Volterra é a terra dos Volturi, personagens do filme Crepúsculo.

15 Siena

Siena

Foi a última cidade da toscana que conhecemos, a cidade conservou muito bem sua estrutura medieval.

Foi um dia que tiramos pra ficar de boa, andar pouco e visitar apenas o que desse na telha de fazer na hora, incluímos a cidade de ultima hora com medo de se arrepender de não ir… rs

Valeu a pena ter ido, foi um dia muito agradável e tranquilo.

16 Roma

Roma

Roma é um destino completo, ficamos três noites, mas daria pra ficar mais e teria bastante coisa pra conhecer.

Logo no primeiro dia fomos bater perna nas atrações públicas. Entre elas, a Praça do Pantheon.

Olhe mais uma vez, nós estamos nessa foto, muito grande essa porta… rs

17 Top

Top

Roma é top, poderíamos ter ficado uma semana e ainda sim estaríamos nos divertindo.

Erros, acertos e dicas

Compramos o romapass para dois dias, valeu a pena. Você consegue comprar ele em muitas banquinhas, compramos em uma na estação de trem. Com ele você não precisa enfrentar fila para comprar ingresso de uma atração e tem direito aos transportes urbanos liberados por dois dias.

Escolhemos o Coliseu pra gastar nossa entrada do Romapass, valeu a pena, a fila estava gigante e o coliseu é uma atração 3 em 1, com o mesmo ingresso dá pra ir no Fórum romano e no Palatino, mais fotos depois.

18 Coliseu

Coliseu

Uma curiosidade: em vários pontos de Roma há fontes nas quais você pode encher sua garrafinha de água de graça. Em frente a estação do coliseu tem uma máquina que você pode encher de água com gás sua garrafinha, pasmem. (Nem queria, mas enchi só pra ver se era verdade o que estava escrito… rsrsrrs)

Agradecendo aos queridos amigos e aventureiros Willyam e Ana por dividir a experiência conosco.

Willyam

Ana

 

Acompanhem as novidades na:

Click no link aqui

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.